Chapada Diamantina 1/9 – Lençóis

Uma viagem para a Chapada Diamantina é um grande desafio. Mas um desafio com o qual eu estive sonhando por muito tempo.

Somente o Parque Nacional cobre uma área de 41 mil km², o que significa uma infinidade de trilhas, cachoeiras e cidadezinhas do interior para conhecer.

Soma-se a isso mais um tanto de fazendas e trilhas que ficam para além das fronteiras do parque. Enfim, antes de embarcar a sensação é a de que todo o tempo do mundo jamais seria o suficiente para conhecer tudo que a região tem para oferecer.

O que, de fato, é uma grande verdade.

Do total de 20 dias que eu tinha na Bahia, nove deles foram vividos – intensamente – na Chapada.

Muinha única premissa foi a de planejar a viagem o mínimo possível. Por isso, pesquisei alguns lugares que não deveria deixar de conhecer e deixei o resto pela conta do acaso, dormindo em pousadas no meio do caminho, seguindo dica de pessoas que ia conhecendo e indo parar em lugares inesquecíveis dos quais jamais havia ouvido.

E assim parti para Salvador, de onde dirigi por 6 horas rumo ao primeiro ponto base para explorar a região: a cidade de Lençóis.

Para uma deliciosa surpresa, Lençóis é uma cidade com uma linda arquitetura colonial e bem estruturada, resquício da exploração de diamantes.

Com a criação do Parque Nacional da Chapada Diamantina, em 1985, o turismo trouxe Lençóis de volta para o mapa, atraindo os turistas, artistas e boas opções de bares e restaurantes.

Às margens do rio Lençóis, a natureza que cerca a cidade já conta um pouco como serão os dias de viagem pela Chapada: água de cor escura, pedras de quartzito cor de rosa e a vegetação característica do cerrado.

Lençóis é uma excelente base para conhecer toda a parte Norte da Chapada, o qie inclui os seus pontos mais famosos para o turismo.

Além de todas a estrutura que a cidade de Lençóis oferece, o rio que corta a cidade é um lugar perfeito para se encerrar o dia. Subindo pelas ruas da cidade chega-se a parte mais alta do rio Lençóis, onde se forma a cachoeira do Serrano, local perfeito para assistir o por do sol e fechar qualquer dia com chave de ouro.

Advertisements